domingo, 18 de agosto de 2013

Algumas metas para 2014

1. Deixar que o ar fresco volte a circular pela minha casa. Reaprender a respirar.

2. Entender que só tenho uma vida. Interiorizar a ideia de que é preferível errar a não tentar.

3. Encontrar alguém que, dentre as suas metas, tenha a mim como uma delas. Reaprender a sonhar.

Essa número 3 é bem complicadinha, né! (rsrsrs) Mas acredito que, se eu alcançar as duas primeiras, certamente será bem mais fácil “atingir” a terceira!

Boa semana pra todos vocês!

16 comentários:

  1. Um dia eu tb me decidi por metas ... mas não simples planos e desde então minha vida mudou radicalmente ... torcendo muito por vc querido ...

    Das 03 metas me identifico muito a de nº 02 ... "Entender que só tenho uma vida. Interiorizar a ideia de que é preferível errar a não tentar."

    Me lembra meu filósofo preferido Nietzsche do qual tenho um pensamento q se tornou meu mote de vida desde os meus 42 anos: "O gosto de minha morte na boca deu-me perspectiva e coragem. O importante é a coragem de ser eu mesmo."

    ps: Te respondi lá no enfim! "Muito obrigado querido ... gostei da comparação afinal o sangue italiano corre nas minhas veias ... já fui a adoro a festança lá no Bexiga ... vou muito a Sampa tenho muitos amigos blogueiros por lá ... vc é de Sampa?
    Seja bem vindo querido."

    beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que 42 é um número mágico? É a minha idade. Eu senti o gosto da morte. E não apenas na minha boca. Eu lutei tanto contra ela, nem queira saber! Além de tétrica, o que mais eu odiava era a ironia com que ela brincava comigo. Em alguns momentos, quando parecia que tinha ido embora, no dia seguinte se instalava, sorridente, no leito da nossa cama. Depois, quando ela teve a sua vitória, ela queria ainda mais. Hoje eu simplesmente perdi o medo. E como ela se alimenta do medo, parece que, sem graça, está resolvendo “cantar em outra freguesia”.

      Abração

      PS: Sou de Sampa. Nascido, criado e fã ardoroso! (rs)

      Excluir
  2. De fato, podiam ser as minhas também. Mas será que elas são possíveis pra mim, como são para vc?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido, somos nós que construímos as nossas possibilidades.

      Abração

      Excluir
  3. Metas para 2014...?
    Tio a gente ta longe ainda do natal/ano novo. Se for assim eu já quero meu presente de Páscoa hehhe!
    Acho válidas as suas metas incrivelmente opostas as minhas, porque as suas são todas no campo pessoal. Acho que minhas metas para 2014 são todas no campo profissional. A longo prazo quero conquistar coisas que ainda não pude e para fazer isso preciso ter uma vida sólida e estável financeiramente; acho que você me entende. Por isso para o final desse ano e 2014 minhas metas são totalmente profissionais. Se pintar alguma coisa nesse tempo, no campo sentimental, a gente não recusa hehe!
    Boa sorte com suas metas espero que você conquiste todas e principalmente a número 3.
    Algo me diz que se você conseguir a número 3 as numero 2 e 1 vêm de brinde.
    abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cocadinha, é o contrário! Para eu atingir a meta 3 eu tenho que, necessariamente, atingir a 1 e a 2. Entendo que suas metas não podem ser como as minhas, afinal você é praticamente um adolescente, né sobrinho! (rsrsrs)

      Abração

      Excluir
  4. Não sei porque as metas "pessoais" são sempre as mais 'complicadas', mas aproveitando um conselho de São Francisco de Assis, eu te digo que:

    "Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível"

    Mas tenho certeza que todas essas metas são perfeitamente realizáveis, e as vezes, tudo o que a gente precisa é um pouco de paciência... ;-)

    Abração e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paciência, né?! (rsrsrs) Será que eu tenho? Acho que sim! Apesar que, em algumas horas, parece que eu estou trabalhando na 3, sem ter alcançado (ainda) o sucesso com a 1 e a 2. Vou precisar de ajuda pra equilibrar essa “parada”.

      Abração

      Excluir
  5. Só temos uma vida mesmo, mas este tempo que passamos "congelados" é necessário e inevitável, para que possamos nos reerguer, nos reconstruir. Isso em si já é uma conquista, então o resto é bola pra frente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, Paulo, eu comecei a sentir muito frio por tanto tempo em que estou no “freezer”! (rs) Um pouco de sol vai me fazer muito bem.

      Abração

      Excluir
  6. gostei do "assertivas" ... adotei como sinônimo ... kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostou, né?! Eu pressenti que ia gostar! (rsrsrs)

      Excluir
  7. Duas metas básicas que, sem dúvida, ajudam a buscar, e conquistar, tudo o mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não será fácil, pode acreditar!

      Abração

      Excluir
  8. Sei bem disso, meu caro. Mas você pode. Sinto isso fortemente, pelo pouco que conheço de sua história!
    Essas conquistas são as que nos dão os maiores prazeres na vida!
    Abração

    ResponderExcluir
  9. Que bacana, já tem metas para o ano que vem...
    é isso aí, viver é uma arte.

    ResponderExcluir